Advocacia
Consumidora deve ser indenizada por falhas na filmagem do casamento.

Consumidora deve ser indenizada por falhas na filmagem do casamento.

Consumidora deve ser indenizada por falhas na filmagem do casamento.

 

O entendimento é da 4° Turma Cível do TJDFT ao dar procedimento ao recurso e condenar a empresa a Zeitfilmes e Produções por falhas no vídeo de casamento.

O consumidor tem direito à restituição do valor pago e à indenização pelos danos morais quando ficar constatada a existência de vicio de qualidade do serviço.

A autora conta que contratou os serviços da ré para filmarem seu casamento, mas recebeu um trabalho de péssima qualidade. Relata defeitos de gravação, como tremores de imagem, mudança brusca de cenário, corte dos convidados, ausência de foco, alem de alteração da ordem cronológica da cerimônia. A autora pede, alem do ressarcimento do valor pago, uma indenização por dano moral.

Juízo da 16° vara Cível de Brasília julgou o pedido improcedente e a autora recorreu. Após analisar o recurso, os desembargadores destacaram que o exame  do vídeo do casamento “não deixam duvidas quanto as falhas e inconsistências”, o que demonstra vicio de qualidade. Para os julgadores “os lapsos técnicos e a baixa qualidade do serviço prestado” não devem ser aceitos como algo normal.

Sendo assim, a maioria da Turma, deu a Zeitfilmes e produções como condenada. Esta devera devolver o valor de R$ 1.200,00 pagos, e indeniza o valor de R$ 3 mil a titulo de danos morais.

 

0703453-26.2019.8.07.0001

 

Duvidas? Entre em contato através do chat ao lado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.