Advocacia
SEU PATRÃO NÃO QUER QUE VOCÊ SAIBA DISSO.

SEU PATRÃO NÃO QUER QUE VOCÊ SAIBA DISSO.

Reversão de justa causa.

 

O empregador pode demitir por justa causa quando o funcionário comete algum erro grave que vai contra as normas da empresa que estão previstas na CLT.

 

É possível recorrer da decisão, caso discorde da justa causa, e o primeiro passo para que isso aconteça é: não assinar o termo de justa causa. Será necessário a ajuda de um bom advogado para analisar a situação e entrar com a ação.

 

A analise da justificativas da empresa devem ser observadas , para qualquer motivo previsto em lei, é necessário eu haja provas, geralmente, antes quee a decisão seja feita é preciso que o empregado tenha cometido esta falta após ser advertido. Em alguns casos, como assedio sexual, o funcionário deve se demitido logo que seja confirmada sua ação.

Se  trabalhador poder provar a injustiça no seu caso, é possível recorrer. Deve ser confirmado por provas como: documentos, vídeos, testemunhas e falta de advertências anteriores.

Tendo provado que não foi uma ação justa, que houve exagero ou ate humilhação prejudicando sua carreira, a justiça poderá reverter a justa causa para uma demissão sem justa causa, nos piores casos a empresa pode ser condenado a pagar uma indenização ao funcionário por danos morais. Por exemplo.

 

Duvidas? Entre em contato através do chat ao lado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.